política de privacidade

De acordo com o disposto na Lei n.º 67/98, de 26 de Outubro- Lei da Proteção de Dados Pessoais das Pessoas Singulares-integralmente aplicável, os dados pessoais serão objeto de tratamento informático e confidencial, destinando-se às atividades relacionadas com os Antigos Alunos da Universidade de Aveiro.

Universidade de Aveiro é responsável pelo tratamento dos dados pessoais transmitidos, através do Gabinete do Antigo Aluno, garantindo a sua proteção e abstendo-se, por qualquer forma, de cedê-los a terceiros, salvo autorização expressa do seu titular.

Os dados disponibilizados visam fins estritamente pessoais dos seus titulares, não sendo autorizada a sua utilização para outros fins, designadamente comerciais.

Os dados pessoais podem ser utilizados em procedimentos administrativos e estatísticos promovidos pela Universidade de Aveiro, permitindo ao seu titular receber diversa informação atualizada, divulgação de oportunidades de emprego pela instituição, notícias, eventos, ofertas formativas, bem como aceder ao Cartão Antigo Aluno – Rede Alumni UA e aos benefícios a ele associados.

O presente termo de aceitação refere-se às condições e finalidades inerentes à utilização dos dados facultados, e que o titular declara autorizar e aceitar.

Para os devidos efeitos, o titular pode a todo o tempo atualizar, retificar ou requerer o cancelamento da utilização dos dados fornecidos.

notícias
Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação para mestres no âmbito do projeto “Sensores de temperatura, gases e humidade baseados em grafeno para a eletrónica têxtil”, (Refª. POCI-01-0145-FEDER-032072), financiado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, na sua componente FEDER, e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, na sua componente de Orçamento de Estado.
Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de investigação para mestres no âmbito do projeto “Células Solares em Cristal Único”, (Refª. FCT IF/01088/2014), com o apoio financeiro da Fundação para a Ciência e Tecnologia/MCTES, através de fundos nacionais e, quando aplicável, cofinanciado pelo FEDER, no âmbito do novo acordo de parceria PT2020.